logo_express.jpg

Edição 09 – 19 de março de 2010_

IPEF traça Plano Estratégico para 2010-2020

No mês de maio de 2009 foi realizado um workshop interno com o objetivo de estabelecer linhas de atuação do IPEF para a década de 2010-20.

Para tanto foram selecionadas nove áreas de atuação do Instituto e convidados, dentro das empresas associadas, profissionais para a coordenação dos temas e que foram apresentados na oportunidade.

DSC02935.jpg
Workshop IPEF 2020, realizado em maio de 2009.

Face ao número elevado (258) de sugestões (linhas de pesquisas, estudos e ações) e a necessidade da consolidação e priorização das mesmas, decidiu-se utilizar o rico material disponível para, indo mais além, revisar a Visão, Missão e Valores do IPEF, bem como, estabelecer um Plano Estratégico para o referido período.

Constituída a equipe interna, os trabalhos foram iniciados em novembro de 2009 e diferentes etapas já foram cumpridas:

1ª) Priorização das sugestões apresentadas no workshop e validação pelos coordenadores dos temas;

2ª)   Consolidação das prioridades em áreas temáticas;

3ª)   Estabelecimento dos objetivos estratégicos abarcando as diferentes áreas;

4ª)  Reunião consultiva com ex-presidentes e ex-diretores do IPEF para análise das propostas e sua inserção na realidade florestal brasileira; e

5ª)  Reunião consultiva com os coordenadores e equipes dos Programas Cooperativos e coordenadores dos temas do workshop para analisar a inserção das sugestões  propostas nos planos de trabalho atuais e possíveis desdobramentos para o futuro, dentro do foco do IPEF em termos de integração Universidade-Empresa e interação Empresa-Empresa.

Para as fases seguintes está prevista a pré-elaboração do documento-síntese para apreciação do Conselho Técnico-Científico do IPEF e parceiros do IPEF no meio acadêmico e  de P&D.

O documento final será submetido à aprovação do Conselho Deliberativo e assembléia das associadas, marcadas para o dia 28 de abril próximo.

hr.gif

PCCF realiza estudo sobre aspectos sociais da certificação florestal

Programa dará suporte a empresas e pesquisadores que
visitarão áreas afetadas por empreendimentos florestais

O Programa Cooperativo em Certificação Florestal (PCCF) está firmando uma parceria com a academia para desenvolver um estudo que tem por objetivo conhecer as realidades sociais em âmbito regional por meio de visitas às áreas afetadas direta ou indiretamente pelos empreendimentos florestais em todo o país.

A forma de avaliação dos aspectos sociais dentro do sistema FSC (Forest Stewardship Council) tem recebido críticas em nível mundial e tem sido um dos pontos mais sensíveis quanto às observações feitas aos empreendimentos certificados. Esses aspectos referem-se aos impactos que atingem comunidades tradicionais localizadas nos arredores de empreendimentos florestais. Por outro lado, as empresas certificadas apontam a necessidade de maior embasamento técnico para tratamento adequado dessas avaliações.

O envolvimento de pesquisadores para o desenvolvimento desse estudo trará uma visão imparcial das questões sociais envolvidas com a certificação FSC e será uma oportunidade de ampliação da massa crítica a partir de um melhor embasamento técnico. Além disso, o envolvimento da academia deve melhorar o nível da discussão e reduzir a polarização com ONGs.

O trabalho deverá ser desenvolvido por um período de aproximadamente seis meses e o PCCF dará suporte às empresas e à equipe de pesquisadores que irá a campo no sentido de viabilizar contatos e facilitar a logística das visitas, cujo cronograma deverá ser elaborado ainda este mês.

Publicado exclusivamente via eletrônica, o IPEF Express não possui periodicidade definida e visa agilizar a divulgação de notas e informações da Diretoria, Coordenadorias do IPEF, seus Programas Cooperativos e atividades correlatas.

Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
http://www.ipef.br - ipef@ipef.br
Copyright 2009 IPEF. Reprodução permitida desde que citada a fonte.