logo_express.jpg

Edição 10 – 04 de maio de 2010_

Edição especial da Forest Ecology and
Management aborda produtividade
em plantações tropicais

Trabalhos apresentados no Congresso “International Conference on Processes
Controlling Productivity in Tropical Plantations” foram destacados, entre eles o BEPP

503310.gifA aplicação de processos ecológicos para aumentar a produtividade em plantações tropicais foi o tema de uma edição especial da revista Forest Ecology and Management (ISSN 0378-1127), publicada no último dia 15 de abril (volume 259), que traz como editores convidados os pesquisadores Dan Binkley (Colorado State University), Jean-Paul Laclau (CIRAD e Esalq/USP), José Luiz Stape (North Carolina State University e IPEF) e Michael G. Ryan (USDA – Forest Service).

A temática foi abordada na 12ª Conferência Internacional IUFRO 2008 (International Conference on Processes Controlling Productivity in Tropical Plantations), que ocorreu em Porto Seguro, BA, e foi promovida pelo IPEF e pela IUFRO. Na época, o evento reuniu especialistas de várias partes do mundo que destacaram os avanços na compreensão dos mecanismos que envolvem o assunto, por meio de trabalhos de pesquisa relacionados a estudos em regiões tropicais. A IUFRO (The International Union of Forest Research Organization) é uma organização não-governamental, formada por um corpo internacional de cientistas florestais, e que promove a cooperação mundial no que se refere à ciência florestal.

Dos 50 trabalhos que foram apresentados no congresso, entre apresentações orais e pôsteres, 17 foram compilados na edição especial da Forest Ecology and Management. Segundo editorial da própria publicação, os artigos divulgados neste número contribuem para administrar a lacuna existente entre os rendimentos operacionais e a produtividade potencial das florestas tropicais.

Entre os estudos abordados durante o workshop em 2008, o Programa de Produtividade Potencial do Eucalyptus no Brasil (BEPP) destacou-se por apresentar os resultados de cinco de seus ensaios experimentais, que medem a produtividade florestal em diferentes regiões do Brasil. Quatro trabalhos neste sentido foram reunidos na edição especial da Forest Ecology and Management: “The Brazil Eucalyptus Potential Productivity Project: Influence of water, nutrients and stand uniformity on wood production”, “Factors controlling Eucalyptus productivity: How water availability and stand structure alter production and carbon allocation”, “Explaining growth of individual trees: Light interception and efficiency of light use by Eucalyptus at four sites in Brazil” e “Effects of irrigation on water use and water use efficiency in two fast growing Eucalyptus plantations”. Os trabalhos são de autoria de pesquisadores nacionais (Universidades e Empresas) e internacionais (Estados Unidos e França).

participantes.jpg
Participantes do Congresso Internacional IUFRO 2008

O BEPP é um dos programas cooperativos do IPEF e congrega as instituições Esalq/USP,  Colorado State University, North Carolina State University, além de empresas associadas ao Instituto, que se beneficiam do aprimoramento das técnicas de cultivo proporcionadas pelos projetos. O programa estuda os fatores silviculturais e ambientais que determinam o crescimento das plantações de eucalipto, estimando a produtividade potencial através do conhecimento da eficiência do uso do recurso hídrico, da disponibilidade nutricional e do manejo da floresta.

Referência em publicações florestais

A Forest Ecology and Management é editada pela Elsevier e publica artigos científicos relacionados ao manejo florestal, em especial aos que se referem à aplicação de conhecimento biológico, ecológico e social para a gestão de florestas naturais. A revista tem como objetivo incentivar a comunicação entre cientistas que compartilham um interesse comum em ecologia e manejo de recursos naturais. Os temas tratados englobam todos os ecossistemas florestais do mundo.

 É uma das mais importantes publicações florestais do mundo, com especial aceitação do meio acadêmico, já que apresenta alto fator de impacto. Esse índice mede a quantidade com que seus artigos foram citados por outros autores. A revista apresenta, portanto, uma grande demanda de trabalhos submetidos à avaliação. O processo de submissão de trabalhos é online. Mais informações: http://ees.elsevier.com/foreco/

Publicado exclusivamente via eletrônica, o IPEF Express não possui periodicidade definida e visa agilizar a divulgação de notas e informações da Diretoria, Coordenadorias do IPEF, seus Programas Cooperativos e atividades correlatas.

Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
http://www.ipef.br - ipef@ipef.br
Copyright 2009 IPEF. Reprodução permitida desde que citada a fonte.