logo_express.jpg

Edição 25 – 06 de abril de 2011_

Registro da viagem à Austrália está
disponível em série de vídeos

Uma série de vídeos sobre a viagem promovida pelo IPEF à Austrália, divididos em capítulos, está sendo exibido pelo site Painel Florestal. A equipe, que passou duas semanas em contato com as mais variadas espécies de eucalipto, participa através de entrevistas concedidas ao jornalista Paulo Cardoso, que acompanhou a viagem a fim de produzir uma série de reportagens que serão incluídas posteriormente em um DVD especial intitulado “Austrália, a terra do eucalipto”.

No primeiro capítulo da série é mostrada a importância do eucalipto no Brasil, e exibe uma entrevista com o presidente da Ramires Reflorestamento, Luiz Calvo Ramires, empresa associada ao IPEF. A segunda reportagem conta o motivo que levou os pesquisadores à Austrália e porque tanto interesse dos especialistas brasileiros no melhoramento genético. Já no terceiro capítulo, é apresentada a equipe de 18 pessoas que participaram da experiência, além da entrevista com o pesquisador australiano especializado em eucalipto, David Kleinig (Dendros Seed).

video.jpg
Série de vídeos relata a viagem a Austrália

Na viagem, que foi patrocinada pelo IPEF e empresas associadas, foi possível constatar que a vegetação do país é caracterizada pela diferenciação que decorre das mudanças edafoclimáticas ocorridas em curta distância, em razão do afastamento da costa e pela altitude. O destaque ficou por conta da ocorrência de Eucalyptus grandis, que tanto ao sul de Queensland quanto na região de Coffs Harbour, no estado de New South Wales, se adapta em altitudes que variam do nível do mar a até 600 m, ocorrendo tanto em zonas quentes quanto em regiões que chegam a registrar 60 geadas por ano, demonstrando a tolerância da espécie.

Além das áreas naturais, foram visitadas algumas iniciativas de florestas plantadas pertencentes a institutos e universidades, incluindo pomares e áreas de produção de sementes. O engenheiro Rildo Moreira da Esalq/USP ficou surpreso com a riqueza das paisagens incluídas no roteiro da viagem: “eu não esperava toda essa diversidade. Pudemos visualizar a ocorrência do eucalipto em diferentes climas: de chuva intensa à regiões secas”.

A viagem foi finalizada ao sul da Austrália, nas regiões de Melbourne, no estado de Victória, Camberra e Sydnei, em New South Wales, com a observação de espécies como Eucalyptus benthamii, E. globulus e E. regnans. Para o assessor técnico do IPEF que participou da experiência, eng. Paulo Henrique Muller da Silva: “além do material genético, foi possível conhecer mais sobre a ecologia do país e entender a interação das espécies do gênero, um conhecimento importante dentro da silvicultura, em especial na área de manejo e melhoramento”.

Publicado exclusivamente via eletrônica, o IPEF Express não possui periodicidade definida e visa agilizar a divulgação de notas e informações da Diretoria, Coordenadorias do IPEF, seus Programas Cooperativos e atividades correlatas.


Acompanhe as ações do IPEF no Twitter

Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
http://www.ipef.br - ipef@ipef.br
Copyright 2009 IPEF. Reprodução permitida desde que citada a fonte.