logo_express.jpg

Edição 34 – 03 de agosto de 2011_

IPEF e Esalq recebem visita de David Kleinig,
especialista australiano em eucalipto

O IPEF recebeu nos dias 19 e 20 de julho o australiano David Kleinig, grande especialista e conhecedor dos gêneros Eucalyptus e Corymbia, que visitou os materiais genéticos existentes na unidade Monte Alegre do IPEF,  nas estações experimentais de Anhembi e de Itatinga, além do Horto de Rio Claro.

Inicialmente Kleinig foi recebido pelo Prof. Luiz Ernesto George Barrichelo, diretor executivo do IPEF. Em seguida, visitou o viveiro do IPEF Monte Alegre, além da nova estrutura do setor de sementes, sendo realizada também uma reunião para discutir a importação das sementes que ocorrerá nos próximos meses. No mesmo dia, o australiano foi recepcionado por José Luiz Timoni, por Rafael Camarinho e por Gabriel Ribeiro Castellano no Horto de Rio Claro (FEENA), onde foram visitados alguns talhões (T51- E. grandis; T33 e T35 – E. urophylla; T09- E. punctata), a trilha da coleção e o museu.

Na Estação Experimental de Ciências Florestais de Anhembi foram apresentadas por João Carlos Teixeira Mendes e por Carlos Eduardo Costa Maria as fichas de implantação de alguns dos materiais existentes na estação, sendo que em muitas destas o nome de David aparece como responsável pela coleta de sementes na Austrália. Também foi realizada a visita a alguns talhões da estação (T01, T08 e T10 – E. urophylla; T05 e T11 – E. grandis; T19 – E. pellita; e o E. alba do arboreto).

david nas estações2011 079.jpg
Paulo Henrique Muller da Silva (IPEF) e David Kleinig, durante visita ao campo

Já no viveiro da Estação Experimental de Ciências Florestais de Itatinga, recebido por Rildo Moreira e Moreira, foram mostrados o Teste de Uso Múltiplo de Eucalyptus (TUME) e o Projeto Novos Cultivares, além da visita a um teste de progênie de E. saligna (T24), ao experimento de fertilização e espaçamento do C. citriodora (113 - T29), ao arboreto e ao E. saligna antigo (de mais de 50 anos de vida).

Para David “Rio Claro, é muito famoso para qualquer um com interesse em eucaliptos, possuindo um arquivo impressionante de algumas das primeiras espécies introduzidas da Austrália. Já Anhembi e Itatinga contêm uma grande riqueza de recursos genéticos. Fiquei emocionado ao ver as árvores das minhas mais antigas coleções de sementes (desde 1977). Felizmente, a manutenção de registros de gravação, ou seja, da coleta de dados original tem sido muito boa, especialmente em Anhembi. Ao longo de anos ocorre uma confusão entre as espécies E. alba e E. platyphylla no Brasil e também na Austrália. Eu decidi fazer um interessante projeto a tempo parcial, para tentar resolver algumas dessas confusões”.

Kleinig é responsável por receber representantes de empresas brasileiras na Austrália além de recomendar e exportar material genético de eucalipto para o Brasil. Seu trabalho teve inicio no setor de sementes do Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation (CSIRO), sendo atualmente gerente da empresa Dendros Seed.

Publicado exclusivamente via eletrônica, o IPEF Express não possui periodicidade definida e visa agilizar a divulgação de notas e informações da Diretoria, Coordenadorias do IPEF, seus Programas Cooperativos e atividades correlatas.


Acompanhe as ações do IPEF no Twitter

Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
http://www.ipef.br - ipef@ipef.br
Copyright 2009 IPEF. Reprodução permitida desde que citada a fonte.