logo_express.jpg

Edição 52 – 10 de setembro de 2012_

Mapas com informações ambientais
e florestais já estão disponíveis

A demanda por informações espacializadas na área florestal é crescente, e há cada vez mais bases de dados de livre acesso na internet, como por exemplo, a do IBGE. Porém, comumente essas fontes estão dispersas e possuem informações generalizadas, que não atendem a demandas específicas da área florestal. Com base nessa necessidade, foi criado o sistema Geodatabase.

A primeira versão do sistema disponibiliza mapas para clima, geologia, relevo, ecológico e político, para o Brasil e Uruguai. Estes países foram escolhidos por fazerem parte da rede experimental do programa TECHS. Em cada uma destas divisões, existem níveis com diferentes variáveis. Em “clima” podem ser encontrados mapas mensais e anuais de temperatura mínima, média e máxima, precipitação, radiação global, umidade relativa, evapotranspiração potencial e déficit de pressão de vapor. Os mapas climáticos são representativos do período de 1950 a 1990, e foram espacializados usando-se ferramentas estatísticas, geoestatísticas e de geoprocessamento que melhor se adequassem à sua natureza.

geodatabase.jpg

Já o item “geologia” é composto pelos mapas geológico e pedológico oficiais do Brasil, bem como mapas referentes aos atributos de teor de argila e CTC efetiva do solo. Em “relevo” encontram-se os mapas de altitude, declividade e aspecto (orientação do terreno). Os mapas “políticos” são os administrativos do país, como região, estados, mesorregião, microrregião e municípios.

O Geodatabase é composto de diferentes níveis de acesso. O nível público garante o acesso a mapas em formato PDF em tamanho A4 (21 x 24cm), os quais foram exportados do ArcGIS em resolução de 882 x 1008 pixels com resolução de impressão de 80 DPI. O acesso restrito é utilizado apenas pelas empresas associadas do IPEF ou da Forest Productivity Cooperative, onde são compartilhados mapas temáticos específicos de projetos destas intituições.

Os mapas dos itens “político”, “relevo” e “clima” já estão disponíveis, e os dos itens “geologia” e “ecologia” tem previsão de lançamento a partir de outubro. O acesso ao Geodatabase é feito através do endereço http://www.ipef.br/geodatabase, e mais informações, dúvidas e sugestões sobre o sistema podem ser encaminhados ao eng. Clayton Alvares (IPEF) através do e-mail caalvares@yahoo.com.br.

Publicado exclusivamente via eletrônica, o IPEF Express não possui periodicidade definida e visa agilizar a divulgação de notas e informações da Diretoria, Coordenadorias do IPEF, seus Programas Cooperativos e atividades correlatas.


Não desejo receber mais este e-mailAcompanhe as ações do IPEF no Twitter

Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
http://www.ipef.br - ipef@ipef.br
Copyright 2009 IPEF. Reprodução permitida desde que citada a fonte.