Descrição das Microbacias do PROMAB

Fibria

As microbacias experimentais da Fibria estão localizadas em duas regiões distintas no estado de SP: a primeira na região de Capão Bonito-SP (Microbacia Experimental Pedra Chata) e a segunda em Igaratá-SP (Microbacia Experimental de Igaratá).

Microbacia experimental Pedra Chata

As propriedades da Fibria localizadas no município de Capão Bonito e região fazem parte da Unidade de Gerenciamento de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica (UGRHI) do Alto Paranapanema. Esta região está situada no sudoeste do Estado de São Paulo entre as coordenadas 23º e 24º23’ de latitude sul e 49º42’ e 47º22’ de longitude oeste, limitando-se ao norte com a UGRHI Médio Paranapanema, ao sul com a UGRHI Ribeira de Iguape/Litoral Sul, a leste com a UGRHI Tietê/Sorocaba e a oeste com a região nordeste do Estado do Paraná.

A estação linimétrica da microbacia é constituída por uma plataforma de entrada, um tanque principal de sedimentação e tranqüilização do fluxo e um vertedor composto, além de um sensor de nível de água e um pluviômetro digitais acoplados a um datalogger.

Características
MunicípioCapão Bonito-SP
Área de Drenagem (ha)1.565,6
Área com plantios (ha)1.076,9 (69%)
Área destinada a conservação (ha)358,3 (23%)
Precipitação média anual (mm)1210
Ordem da Microbacia (Sthraler,1957)2º ordem
BiomaCerrado/Mata Atlântica
Clima (Alvares, 2013; Köppen, 1936)Cfa
Ano hídricoSet a Ago
Início do MonitoramentoJan/2005


Mapa com os limites da microbacia experimental e uso do solo


Vertedor da microbacia experimental Pedra Chata, em Capão Bonito-SP

Microbacia experimental de Igaratá

Esta microbacia experimental localiza-se na fazenda Santa Marta, no município de Igaratá-SP, onde a estação linimétrica também é constituída por uma plataforma de entrada, um tanque principal de sedimentação e tranqüilização do fluxo, um vertedor composto e um sensor de nível de água e pluviômetro digitais acoplados a um datalogger.

Características
MunicípioIgaratá-SP
Área de Drenagem (ha)127,3
Área com plantios (ha)73,9 (58%)
Área destinada a conservação (ha)49,8 (39%)
Precipitação média anual (mm)1265
Ordem da Microbacia (Sthraler,1957)2º ordem
BiomaMata Atlântica
Clima (Alvares, 2013; Köppen, 1936)Cfa/Cfb
Ano hídricoSet a Ago
Início do MonitoramentoJul/2006


Mapa com os limites da microbacia experimental e uso do solo


Vertedor da microbacia experimental de Igaratá




Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.