Descrição das Microbacias do PROMAB

Klabin Santa Catarina

As microbacias de monitoramento da Klabin-SC localizam-se no Município de Ponte Alta – SC, no interior da Fazenda FL281. Nas áreas de santa Catarina, a empresa também adotou o sistema de monitoramento pareado, ou seja, uma microbacia controle, coberta em sua maioria com vegetação nativa e uma microbacia com manejo florestal de Pinus.

As estações linimétricas das duas microbacias são compostas por um vertedor triangular de crista curta, com um sensor de nível de água e um pluviômetro digitais, ligados a um datalogger.


Mapa com os limites das microbacias pareadas e uso do solo.

Microbacia experimental com manejo de Pinus

Características
MunicípioPonte Alta-SC
Área de Drenagem (ha)44,36
Área com plantios (ha)22,57 (51%)
Área destinada a conservação (ha)21,15 (48%)
Precipitação média anual (mm)1714
Ordem da Microbacia (Sthraler,1957)2º ordem
BiomaMata Atlântica
Clima (Alvares, 2013; Köppen, 1936)Cfb
Ano hídricoJan a Dez
Início do MonitoramentoJun/2008


Vertedor da microbacia experimental de Pinus.

Microbacia experimental com vegetação nativa

Características
MunicípioPonte Alta-SC
Área de Drenagem (ha)52,57
Área com plantios (ha)8,56 (16%)
Área destinada a conservação (ha)43,07 (82%)
Precipitação média anual (mm)1714
Ordem da Microbacia (Sthraler,1957)2º ordem
BiomaMata Atlântica
Clima (Alvares, 2013; Köppen, 1936)Cfb
Ano hídricoJan a Dez
Início do MonitoramentoAgo/2008


Vertedor da microbacia experimental com vegetação nativa.




Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.