Guia de Plântulas e Sementes da Mata Atlântica do Estado de São Paulo

Número do ISBN: 978-85-89142-06-9

Autores:
Felipe Furtado Frigieri
Natasha Sant Anna Iwanicki
Flávio Bertin Gandara
Elza Martins Ferraz
Gerson Oliveira Romão
Guilherme Furlan Coletti
Vinicius Castro Souza
Maria Andréia Moreno

»  Download (5.248kb)

Prefácio

Há muito tempo atrás no meio de uma exuberante Mata Atlântica, um indiozinho pergunta: Pai onde fica o coração da floresta? O pai a princípio fica sem resposta, mas ao pisar em um fruto de jatobá, já corroído pelo tempo, mostra a seu filho as sementes daquela árvore majestosa, compartilhadas dentro do fruto e como em um filme, plântulas de jatobá passam a bailar aos olhos do menino. O pai vira-se para seu filho e lhe diz: quando conhecer as sementes, as plântulas e as árvores jovens de uma floresta encontrará dentro de si o seu coração e nunca mais se separará dele, pois são as crianças da floresta que garantem a sua perpetuação e conhecê-las é incorporar dentro de si o Espírito da Floresta. Desse modo, esse guia de plântulas e sementes de espécies arbóreas da Mata Atlântica é uma obra indispensável, feita por especialistas, que dedicaram parte de suas vidas a ler, observar, coletar e organizar um conhecimento fundamental, para que a sociedade como um todo, possa entender a infância da Mata Atlântica, que é a formação florestal mais fascinante que ocorre no Estado de São Paulo.

Prof. Dr. Mário Luiz Teixeira de Moraes
UNESP - Ilha Solteira

Apresentação

Pesquisas sobre desenvolvimento e morfologia de plântulas têm sido realizadas com diferentes enfoques, quer para o reconhecimento e identificação dos estádios iniciais de desenvolvimento de espécies arbóreas de certa região ou ecossistema, quer como parte de pesquisas morfo-anatômicas de determinadas espécies ou de grupamentos sistemáticos (LEONHARDT et al., 2008).

Ainda de acordo com estes autores, no Brasil, apesar do número crescente de trabalhos, devido à riqueza da flora, há, ainda, carência de pesquisas que proporcionem o conhecimento das espécies nativas, principalmente em seus estádios iniciais de desenvolvimento, e que possam servir de referência e subsídio para os programas de recuperação e manejo de áreas naturais.

O “Guia de Plântulas e Sementes da Mata Atlântica do Estado de São Paulo” visa suprir parte desta lacuna do conhecimento, o qual se constitui como material de referência para estudantes e pesquisadores que trabalham em áreas do conhecimento que envolvam: morfologia de plantas, taxonomia, botânica, ecologia de espécies arbóreas, produção de mudas, manejo, recursos florestais, entre outros, tendo como diferencial a apresentação de imagens dos diferentes estádios de desenvolvimento das plântulas de espécies arbóreas da Mata Atlântica, constituindo-se uma referência inédita.

Este material também visa auxiliar viveiristas na correta identificação de mudas produzidas, assim como agentes ambientais (CETESB, IBAMA, Polícia Ambiental, entre outros), que avaliam e fiscalizam projetos de restauração florestal.

Neste trabalho apresentamos descrições biométricas de sementes e propágulos, caracterização e acompanhamento do desenvolvimento da germinação até o estádio de plântula, além de imagens ilustrativas de frutos, das sementes, etapas de germinação e indivíduos juvenis de 62 espécies vegetais arbóreas da Mata Atlântica, com ocorrência no Estado, visando enriquecer o conhecimento já existente sobre a biodiversidade da Mata Atlântica.

Os autores




Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.